Sábado, 7 de Julho de 2007

Jantar de Finalistas

Antes de mais, temos de admitir que escrever este discurso não foi pêra doce. Afinal, como é que se resumem 5 anos de vida – mais, em alguns casos! – em meia dúzia de palavras? Como se consegue falar de todos os bons momentos, de todas as brincadeiras, e também de todos os problemas? Têm de concordar que não é fácil. Esperamos ter conseguido.
Chegamos a esta noite invadidos por um misto de sentimentos. Este jantar representa o final de uma das etapas mais importantes da nossa vida. Uma etapa turbulenta, é certo, cheia de problemas, mas tão rica em bons momentos que é quase impossível descrevê-la.
Durante todos estes anos, desde o 5º ano, foram muitas as mudanças que sofremos. Perdemos alguns amigos e fizemos outros tantos. Cometemos erros, tantos que nem se conseguem contar. Mas aprendemos com eles, e seguimos em frente um pouco mais sábios. Basta olhar para nós hoje para ver o que aconteceu – crescemos.
E crescer revelou-se tão divertido! Não podemos esquecer todos os bons momentos que vivemos. As brincadeiras mais ou menos parvas, aquelas conversas sem sentido absolutamente nenhum e que nos faziam ir às lágrimas, as palhaçadas durante as aulas… Os complicadíssimos esquemas de copianço durante os testes… e as respostas parvas que se davam quando o copianço não resultava. Coisas do género… “Descreva o modelo atómico de Bohr.” “É útil e engraçado, porque serve para ajudar os terroristas a fazer bombas.” E, claro, a viagem de finalistas. A inesquecível viagem de finalistas. 0 901. As saídas à noite. As conversas às tantas da madrugada, quando não se conseguia dormir. Uma semana de divertimento total e que nos marcou para sempre.
Este grupo que está aqui hoje presente, a turma 9º A, é fruto de muitas transformações, feito de pessoas muito diferentes. Um grupo que nem sempre foi perfeito, nem sempre foi unido, nem sempre foi o melhor. Temos noção disso. Mas, apesar de tudo, não exageramos quando dizemos que, entre nós, cresceram amizades que são para sempre. E, por isso, chegamos a este jantar com uma certeza: valeu a pena. E ainda outra: esta é uma turma que nunca iremos esquecer.
Não podemos deixar passar esta noite sem agradecer a todos os que nos acompanharam e nos tornaram nas pessoas que somos hoje. É impossível mencionar todos os nomes, mas alguns merecem destaque especial.
Obrigado aos nossos padrinhos. Prof. Vítor, conseguiu tornar a Matemática bem mais divertida. Alguma vez lhe dissemos que o seu riso é contagiante? É das pessoas mais simpáticas que alguma vez tivemos o prazer de conhecer. Temos pena de não nos ter acompanhado na viagem.
Prof. Teresa… sabemos bem quão difíceis foram estes dois anos. Estamos muito longe de ser a turma ideal. Há que ser honestos e admitir que a nossa relação consigo nem sempre foi a melhor. E, no entanto, nunca nos abandonou. Obrigado por tudo. Olhe, já tem um bom argumento para apresentar ao Anjo, quando o encontrar lá na Barca!
Temos de agradecer ao Prof. José Alberto, que nos acompanhou nos primeiros anos que passamos nesta escola. Como teríamos sobrevivido sem si? Sem o seu bom humor, o 5º e 6º anos teriam sido muito mais difíceis. Mais do que um professor, é um amigo.
Prof. Marina… dirigir uma turma como a nossa nunca foi fácil, mas a senhora aguentou bem o barco. Sabe que já temos saudades?
Ao Prof. Toni… o que é que podemos dizer de si? Sabe bem que é uma das pessoas de quem nunca nos vamos esquecer. De si e das suas piadas! Veja lá se faz o mesmo connosco!
Um agradecimento muito especial vai também para as professoras que tiveram todo o trabalho a organizar a Viagem de Finalistas e também este Jantar: Prof. Alda, Prof. Emília, Prof. Manuela. Foram incansáveis, mesmo quando não colaborávamos como devíamos.
A todos os outros, muito e muito obrigado por tudo. São os maiores.
É indispensável agradecer aos pais. Pais que nos aturam, que compreendem, que são severos quando têm de o ser e que fazem tudo por nós. Nem sempre o demonstramos mas, para nós, são as pessoas mais importantes do mundo.
Esta noite há uma porta que se fecha. Vamos seguir caminhos diferentes, estudar em escolas diferentes, fazer escolhas diferentes. Pela primeira vez, vamos verdadeiramente separar-nos. É difícil pensar que as pessoas que sempre estiveram ali, a rir connosco, a chorar connosco, vão estar mais distantes.
Agarramo-nos à ideia de que amizades como as que se construíram aqui jamais poderão desvanecer-se. Sabemos que o tempo e a distância são capazes de desatar até os laços mais fortes. No entanto, vamos lutar contra isso. Vamos continuar a encontrar-nos, a conversar, a rir e a chorar juntos. Vamos cuidar destas amizades.
Esta noite, não queremos despedir-nos. Por isso, este discurso não acaba com um adeus. Acaba com um até já.

 

 

Este discurso - com algum improviso pelo meio, ou não tivesse sido o Domingos a lê-lo, juntamente comigo! - foi aquele que o 9ºA preparou para o Jantar de Finalistas de ontem.

 

Exprime tudo aquilo que sentimos ontem à noite. A alegria, e também a tristeza de ser a última noite passada em turma. Custa pensar que, para o ano, já não vamos estar juntos. E, no entanto, temos uma certeza...

 

Estas amizades... são para sempre.

Sílvia às 18:37
link | comentar
(8) comentários:
De luís a 7 de Julho de 2007 às 20:43
humm
ond é k ja vi esse texto? (ela n kupiou, sao outras cenas :P)
ja disse e vou repetir, esse texto ta fantastico, a serio!
principalment a parte do fim,
lol
bjóóó
De lftt a 8 de Julho de 2007 às 00:19
O texto está mesmo muito bom! Parabéns! E tu estavas tão gira, "maninha"... agora é que parecias mesmo a Julia Roberts ;-)
Mais uma etapa marcante da tua vida, mas muitas mais se seguirão e as recordações que valem a pena guardar nunca serão esquecidas.
beijitos
De Miar à Chuva a 8 de Julho de 2007 às 14:46
Gostei muito do discurso. Foi sincero e dá para perceber que vocês criaram amizades eternas e momentos para sempre memoráveis!
Já agora... adorei o vestido ;-D
E... tive de dar uma gargalhada naquela parte do “Descreva o modelo atómico de Bohr.” ... LOLOLOLOL... :-D
Beijinhos silvia e vemo-nos no piquenique ;-)
De Tua gémea! a 9 de Julho de 2007 às 12:41
o maninha geeeemea!!

o texto está lindo!!!


espero k alcanxes todos os teus sonhos!!

que sejas mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt mt feliz!!


nas fotos...ai meu deeeeus!!

estvam todos taum lindoooos!

especialmente tuh!!

es tão boa pah!! =')

a serio...fiquei toda tola!!
eu podia ter estado lá paaaah!!
mas pronto...as coisas à pressa...e tal..
n deu!!

tenho memso mt pena..
deve ter sido um a noite espectacular...
c pessoas maravilhosas!!


=D


mt sorte pa ti!!
e felicidades!!
conseguiste!!

mas isto é so o começo...

;D

b£§0t£!*:*:*:*
De olha_por_mim a 9 de Julho de 2007 às 15:45
Olá!!!!
Foi lindo o discurso...fez-me bater saudades de todos os meus tempos de estudante...vai-te habituando...pois esta etapa passou e vai-te custar muito separares-te dos teus amigos...mas agora vais para outra etapa...em principio vais passar 3 anos com a mesma turma e depois vai-te custar ainda mais...depois vem a época da universidade...onde vais viver os momentos mais lindos da tua vida...então aí vais chorar de grande...custa tanto...ainda hoje me custa...as saudades são muitas...por isso aproveita sempre todos os momentos...
Falta-me apenas dizer q estavas linda...
Beijocas grandes e tem uma boa semana
De borbolletta a 9 de Julho de 2007 às 20:03
TAVAS TAO GIRA!!!!!!!!!!!!!!!
e o discurso, mto bonito...beijinhos
De BB a 11 de Julho de 2007 às 10:56
Bolas, parei 2 vezes no discurso para não chorar no trabalho... muito profundo! Parabéns!

E tu estavas TÃO TÃO LINDA! Parabéns! ;)

Esta fase já passast. Agora esperante mais 3 anos. Espero que os faças com uma perna às costas, um braço no joelho e uma mão onde quiseres... ;)

Parabéns por esta etapa e Boa Sorte para o futuro!

Beijocas
De AClara a 11 de Julho de 2007 às 21:51
Sei muito bem o que é isso, passei este ano por isso mesmo, mas tenho o pensamento que daqui para a frente as coisas vão ser diferentes.Vamos Crescer mais e mais...

Comentar post

mais sobre mim



Sílvia, 20 anos. Com uma enorme paixão pela leitura e - dizem as más línguas - algum jeito para a escrita, resolvi criar este blog para partilhar o que me vai passando pela cabeça. Espero que gostem!

Ver perfil

Adicionar como amigo

posts recentes

Oppa Sushi Style

Dos livros (3)

Coisinhas Boas de 2012

Reabrimos brevemente

O Carnaval começou mais c...

Coisinhas Boas de 2011

Isso não é comigo

A pé é que se faz o camin...

Limpezas de Outono

Em destaque!

Viagens passadas

Tags

links

Wonderwall - Ryan Adams
In Un'Altra Vita - Ludovico Einaudi
Creep (cover) - Scala Choir
When U Hit The Floor - David Fonseca
Better Man - Pearl Jam
Heartbeats - José Gonzaléz
Just Breathe - Pearl Jam
Last Kiss - Pearl Jam
Parece Que o Destino nos Quebrou - Tiago Bettencourt & Mantha
Slow Moves - José Gonzaléz
Take It Easy My Brother Charles - Jorge Ben Jor